Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Afonso recebe medula no IPO

Afonso Couto, que sofre de leucemia linfoblástica aguda, recebeu ontem de madrugada o transplante de medula óssea no Instituto Português de Oncologia (IPO) do Porto. O menino de seis anos, filho do piloto português André Couto, reagiu bem ao transplante, mas os próximos dez dias são cruciais para ver como o corpo reage ao transplante.
22 de Maio de 2010 às 00:30
Afonso Couto já recebeu a medula óssea, numa cirurgia realizada no IPO do Porto
Afonso Couto já recebeu a medula óssea, numa cirurgia realizada no IPO do Porto FOTO: direitos reservados

"Está muito melhor do que achávamos. Acordou um pouco maldisposto, mas isso é normal", contou ontem ao CM a tia do menino, Joana Couto. A primeira avaliação será a 30 de Maio, dia em que Afonso faz sete anos.

A medula óssea compatível que pode salvar a criança é de uma cidadã alemã. Foi recolhida na quinta-feira e chegou ao Porto às 00h30 de ontem. "Fizeram nova contagem das plaquetas porque veio congelada. Mas correu bem", realçou a irmã do piloto.

Os pais da criança, André e Graça Couto, passaram a noite com o filho. No exterior do IPO do Porto, dezenas de pessoas, numa iniciativa da associação Voluntários do Norte Contra a Leucemia, realizaram uma vigília de apoio, enquanto o menino estava a ser submetido à tão esperada cirurgia.

"Isto foi mais uma etapa. O Afonso colabora muito bem com os tratamentos e os médicos até dizem que se comporta melhor do que alguns adultos", enfatizou a tia, visivelmente orgulhosa.

Ver comentários