Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
8

Agricultores queixam-se de quebras brutais na produção

Clima atípico é apontado como principal causa para quebra na produção de castanha.
17 de Outubro de 2014 às 17:48
Situação preocupa famílias que têm como único rendimento a produção de castanhas
Situação preocupa famílias que têm como único rendimento a produção de castanhas FOTO: Edgar Martins

Agricultores da Serra da Padrela, distrito de Vila Real, queixam-se de "quebras brutais" na produção de castanha por causa do clima atípico, uma situação que preocupa muitas famílias que têm neste fruto "a única" fonte de rendimento.


Os produtores falam num "cenário desolador" que afetou principalmente as zonas mais altas e frias da Padrela e apontam o dedo ao clima instável que se sentiu neste verão, com dias frios e de nevoeiro, intercalados com calor.

"A situação está complicada. Não há castanha. Nós praticamente só vivemos da castanha e temos esta calamidade", afirmou aos jornalistas António Maia, 66 anos e agricultor de Vilarinho do Monte, na freguesia de São João da Corveira (Valpaços). 

agricultores castanha produção quebras agricultura
Ver comentários