Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Alarme de gripe na Estefânia

As análises feitas ontem a dois casos suspeitos de gripe A (H1N1) – dois irmãos, de três e 17 anos – que vieram na semana passada dos Estados Unidos deram negativo. Em Portugal mantêm-se dois outros casos suspeitos: um doente, de 52 anos, internado no Hospital do Funchal, Madeira, e uma mulher, de 76 anos, no Hospital de Santo Espírito, em Angra do Heroísmo, Açores. Os resultados das análises deverão ser conhecidos hoje.
10 de Junho de 2009 às 00:30
Funcionários do Dona Estefânia foram obrigados a usar máscara
Funcionários do Dona Estefânia foram obrigados a usar máscara FOTO: Pedro Catarino

O casal com os dois filhos entrou na Urgência do Dona Estefânia, em Lisboa, pelas 10h00. O mais novo foi validado como suspeito, mas como tinha havido contacto próximo com o irmão, com sintomas gripais, o adolescente também esteve em observação.

Luísa Monteiro, directora clínica adjunta, disse ao CM que foram efectuados os procedimentos operacionais determinados pelas autoridades de Saúde: 'Fechámos a Urgência durante trinta minutos para desinfecção e foram distribuídas máscaras aos utentes e os profissionais também se protegeram.'

Foi anulada qualquer possibilidade de eventual contágio, com os dois menores a serem encaminhados por um corredor para o serviço das Doenças Infecciosas, onde permaneceram isolados em quartos de pressão negativa.

Luísa Monteiro apelou para que as pessoas liguem para a Linha de Saúde 24 (808 24 24 24) antes de se dirigirem à Urgência. 'Se a Linha validar o caso, as pessoas são transportadas por uma ambulância do INEM sem risco de contágio.' A gripe A já contaminou 26 563 pessoas em 73 países e causou 140 mortes.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)