Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Alcantarilha vai perder farmácia

A única farmácia existente em Alcantarilha vai em breve fechar as portas e mudar-se para Armação de Pêra. Um facto que está a preocupar a população e a junta de freguesia local, cujo presidente, João Palma, lamenta a decisão do proprietário. Este alega a baixa rentabilidade do estabelecimento para fazer a transferência.
21 de Maio de 2011 às 00:30
A farmácia está situada junto à rotunda da EN269-1 e serve uma população com muitos idosos
A farmácia está situada junto à rotunda da EN269-1 e serve uma população com muitos idosos FOTO: Miguel Veterano Junior

 "O farmacêutico diz que a população está afastada da farmácia e opta por comprar os medicamentos em Pêra ou Armação de Pêra. Mas a verdade é que a nossa freguesia tem cerca de três mil habitantes, muitos deles idosos, espalhados por uma área de 25 quilómetros quadrados, a quem aquele serviço faz muita falta", referiu.

O autarca fez, aliás, questão de sublinhar que Armação de Pêra, onde "já existem duas farmácias", tem uma área de "apenas sete quilómetros quadrados". Quanto aos habitantes, são "cerca de quatro mil, embora esse número suba no Verão, devido aos turistas que ali frequentam a praia".

Frisando "não entender como é que o Infarmed autoriza a transferência de uma farmácia nestas condições", o autarca disse que tenciona entrar em contacto com aquela entidade e ainda com a Câmara de Silves a fim de os "alertar" para o caso.

Com o objectivo de minorar o problema, o dono da farmácia, que se escusou a falar ao CM, terá garantido a manutenção de um posto farmacêutico em Alcantarilha, com distribuição ao domicílio, em dias e locais a definir. O presidente da junta admite que a medida é positiva, mas sustenta que "o ideal é que a farmácia continue na vila".

farmácia encerramento
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)