Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Seis mortos e 232 infetados por coronavírus nas últimas 24 horas em Portugal

Há mais 149 recuperados no país.
Correio da Manhã 6 de Julho de 2020 às 13:01
coronavírus xx
coronavírus xx FOTO: Bruno Colaço / Correio da Manhã
Registaram-se mais seis mortos com coronavírus em Portugal nas últimas 24 horas e mais 232 infetados, segundo o mais recente boletim epidemiológico da DGS.

Assim, o número total de óbitos por coronavírus em Portugal é agora de 1620 e o de infetados é de 44129. O Boletim da DGS ainda refere que, no número de infetados, "os dados referentes à Autoridade de Saúde de Lisboa e Vale do tejo têm como fonte os dados agregados dos respetivos ACES".

"Optou-se por esta fonte porque a não notificação laboratorial no SINAVE LAB por um parceiro privado em 3 dias da semana em curso originou cerca de 200 notificações cuja distribuição ainda carece de análise", explica a DGS.

Contam-se ainda mais 9 pessoas internadas com Covid-19 nas últimas 24 horas (total de 513). O número de recuperados aumentou em 149, sendo agora de 29 166. O número de casos internados em Unidades de Cuidados Intensivos subiu de 73 para 74. A taxa de letalidade sobre para 3,7%.

De referir que dos 232 novos casos, 195 são em Lisboa e Vale do Tejo (85,1%).

Inquérito serológico com resultados ainda este mês
Em conferência de imprensa, o secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales sublinhou que Portugal, tal como a generalidade dos países não estava preparado para esta pandemia. Apesar disso, Lacerda Sales afirma que tudo foi feito para salvar vidas e manter o SNS funcional e longe de estar sobrecarregado. 

O inquérito serológico foi já feito e os resultados deverão estar disponíveis ainda este mês. O objetico é conhecer o nível de imunidade ao novo coronavírus em Portugal. O estudo foi desenvolvido pelo Instituto Nacional Dr. Ricardo Jorge (INSA) e envolveu 2.100 pessoas. A amostra "pretende representar a população portuguesa de todas as idades de modo a obter estimativas nacionais, estratificadas por região de saúde e por grupos etários específicos", lê-se no site do SNS.

O estudo será repetido dentro de cinco meses e posteriormente de três em três meses durante um ano. 

Graça Freitas alerta para onda de calor
A diretora-geral da Saúde aproveitou a conferência de imprensa para alertar as pessoas para a onda de calor que se avizinha nos próximos dias podendo descompensar algumas doenças crónicas. 

Graça Freitas pede que estes doentes mantenham as suas patologias sob controlo e que se protejam do calor. 

"Nunca tivemos um sistema tão escrutinado e que tivesse sofrido tantas melhorias"
A diretora-geral da Saúde defendeu a vigilância epidemiológica em Portugal que nunca foi "tão escrutinada". Freitas sublinha que "até à data captámos quase 400 mil pessoas suspeitas" e que nos últimos 195 dias tem-se vindo a relatar os dados com a maior presisão possível. Segundo Graça Freitas, o sistema de contagem de casos tem vindo a sofrer várias melhorias ao longo dos dias, mas isso não põe em causa os boletins que todos os dias são apresentados ao país. 

A diretora-geral da Saúde afirma que neste momento, devido à falta de reporte de um laboratório durante três dias, e para que não hajam disparidades de casos, se está a fazer um cruzamento de dados nacionais e por concelho de modo a obter-se o número mais correto possível. 

"Nunca tivemos um sistema tão escrutinado e que tivesse sofrido tantas melhorias", sublinhou garantindo que Portugal tem feito o melhor trabalho possível na contagem dos casos. 

A diretora-feral da saúde sublinhou ainda que Portugal é um exemplo no que à contagem de casos diz respeito e assume ter orgulho nisso mesmo. 

"Muitos países não reportam com esta regularidade" os dados epidemiológicos com a regularidade com que Portugal se comprometeu a fazer, defende Graça Freitas acrescentando: "É um número fiável".

Sequelas físicas ainda não são conhecidas
Confrontado com a questão das sequelas físicas provocadas pelo coronavírus, Lacerda Sales afirma que as mesmas ainda não são conhecidas, mas que existe uma linha de acompanhamento psicológico do SNS24 que recebeu mais de 20.500 chamadas.

"Ainda é cedo para fazer essa avaliação", concluiu.
Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
infetados mortos coronavírus portugal covid-19
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)