Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
6

Cinco mortos e 899 infetados por coronavírus nas últimas 24 horas em Portugal

Há 624 pessoas internadas em unidades hospitalares, mais 36 que ontem.
Correio da Manhã 25 de Setembro de 2020 às 14:16
A carregar o vídeo ...
Mais de metade dos novos casos de Covid-19 registados na região de Lisboa

Mais cinco pessoas morreram vítimas da Covid-19 nas últimas 24 horas em Portugal, registando-se ainda mais 899 infetados que esta quinta-feira, o que perfaz um total de 72 055 casos confirmados desde o início da pandemia.

Os óbitos desta sexta-feira registaram-se três na Região de Lisboa e Vale do Tejo, um na Região do Norte e outro na Região do Centro. Já morreram 1 936 pessoas vítimas da doença em Portugal. 

Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificados mais 505 novos casos de infeção, contabilizando a região 36.904 casos e 742 mortes.

A região Norte regista hoje mais 263 novos casos, totalizando 25.869 e 878 mortos desde o início da pandemia.

Na região Centro registaram-se mais 52 casos contabilizando 5.885 infeções e 259 mortos.

No Alentejo foram registados mais 30 casos de covid-19, totalizando 1.412 casos e 23 mortos.

A região do Algarve tem hoje notificados mais 47 casos de infeção, somando 1.513 casos e 19 mortos.

Na Região Autónoma dos Açores foram registados dois novos casos nas últimas 24 horas, somando 261 infeções e 15 mortos desde o início da pandemia.

A Madeira não regista casos nas últimas 24 horas, contabilizando 211 infeções, sem óbitos até hoje.

Os casos confirmados distribuem-se por todas as faixas etárias, situando-se entre os 20 e os 59 anos o registo de maior número de infeções, com um destaque para a faixa entre os 30 e os 49.

Há 624 pessoas internadas em unidades hospitalares (mais 36 que ontem) e 86 em Unidades de Cuidados Intensivos (mais uma que esta quinta-feira).

De acordo com o boletim divulgado esta pela Direção-Geral da Saúde, há mais 327 pessoas recuperadas, num total de 47 003.

Testes rápidos à Covid-19
Durante a habitual conferência de imprensa aos jornalistas para a atualização, Raquel Guiomar, especialista do Instituto Nacional de Saúde Raquel Guiomar, esclareceu sobre a utilização dos testes rápidos.

"O Instituto Ricardo Jorge, em conjunto com DGS, Infarmed e outros peritos de saúde têm vindo a analisar a qualidade dos testes. O teste de referência, que é o que está atualmente recomendado pela DGS, com um resultado de elevada fiabilidade", avançou a especialista, afirmando que os testes rápidos devem ser utilizados em casos suspeitos "com sintomas que tenham ocorrido há menos de 7 dias" e consoante da situação do doente.

"Estão a ser divulgados testes rápidos que no início da pandemia estiveram a ser avaliados pelo Instituto. Devido às suas características, não foram à data recomendados. Estamos a avaliar uma geração destes novos testes rápidos", avançou Raquel Guiomar.

Sócios do Benfica convidados para assistirem a jogo no estádio
A diretora-geral da saúde, Graça Freitas, afirmou que desconhece o convite feito pelo presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, a alguns sócios para assistirem ao jogo das águias no camarote. "Tanto quanto sei, não deu entrada nenhum pedido de parecer sobre se podiam ou não ter convidados a assistir ao jogo", revelou Graça Freitas.

Surtos em lares e casos positivos nas escolas
Marta Temido anunciou que existem atualmente 47 surtos ativos em estruturas residenciais para idosos.
"Quer para os lares, quer para as escolas, há uma grande preocupação pedagógica", relembrou também Graça Freitas.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
coronavírus covid-19 infetados recuperados mortos dgs direção geral da saúde pandemia internados uci
Ver comentários