Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

Ministério Público abre inquérito a morte de idoso à porta do Hospital de Portalegre

Octogenário ficou cerca de três horas à espera na ambulância.
Hugo Rainho 20 de Janeiro de 2021 às 12:19
Hospital Distrital de Portalegre
Hospital Distrital de Portalegre FOTO: Pedro Galego
O Ministério Público de Portalegre abriu um inquérito à morte do idoso de 87 anos que ficou cerca de 3 horas à espera na ambulância dos voluntários de fronteira para dar entrada no Hospital de Portalegre.

O caso aconteceu no passado dia 18, quando os bombeiros foram chamados para transportar um idoso que estava no lar em Cabeço de Vide, no concelho de fronteira distrito de Portalegre.

Saíram do lar as 15h30 minutos e chegaram ao hospital em Portalegre pelas 16h29.

Este homem teria feito teste à Covid-19 há poucos dias e deu negativo, mas como o lar onde residia, tem casos positivos manda o protocolo do hospital ser tratado como caso Covid-19, mas como a enfermaria Covid-19estava lotada o homem permaneceu no interior da ambulância, onde foi feita triagem por um profissional do hospital que atribui pulseira amarelo a este idoso, passado duas horas e 44 minutos o quadro clínico deste idoso acabou por se complicar e entrou em paragem cardiorrespiratória, ainda foram feitas manobras de reanimação no interior da ambulância e chegou mesmo a entrar para o hospital onde o óbito foi declarado 17 minutos depois.

O hospital abriu um inquérito interno, e agora o ministério público vai investigar as causas da morte deste idoso.
Hospital de Portalegre Portalegre questões sociais saúde acidentes e desastres hospitais
Ver comentários