Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Alerta com descargas ilegais de amianto

Governo garante que o processo de deposição de resíduos nos aterros cumpre as regras com recurso às melhores práticas.
João Saramago 3 de Outubro de 2019 às 08:49
Depósitos de amianto ilegais têm sido alvo de fiscalização das autoridades
Amianto levanta riscos
Depósitos de amianto ilegais têm sido alvo de fiscalização das autoridades
Amianto levanta riscos
Depósitos de amianto ilegais têm sido alvo de fiscalização das autoridades
Amianto levanta riscos
A associação ambientalista Zero alertou para a descarga ilegal de amianto em aterros para resíduos não perigosos, uma prática que coloca em risco a saúde e o ambiente. A ilegalidade resulta - segundo a associação - "de ser permitida a mistura de amianto e de resíduos orgânicos nas mesmas células desta classe de aterros", com risco de fuga de águas residuais contaminadas.

O Ministério do Ambiente e da Transição Energética rejeitou, entretanto, a acusação e garantiu que os resíduos de amianto estão a ser depositados cumprindo todas as regras, usando "as melhores técnicas", e de acordo com a lei.

A tutela assegurou que os resíduos "são depositados em aterros não perigosos devidamente preparados e licenciados para os receber e são tratados e encaminhados de acordo com as melhores técnicas e em conformidade com a legislação em vigor".

A associação Zero alega que a resposta do Governo não "responde à denúncia de que os resíduos de amianto estão a ser misturados com resíduos biodegradáveis, o que é proibido".

"Não questiono como os resíduos são embalados ou deslocados, mas sim sobre o risco de serem misturados, nomeadamente com restos de produtos alimentares", sublinhou Rui Berkemeier, membro da Associação Sistema Terrestre Sustentável - Zero.

Governo garante legalidade nos depósitos
A remoção e transporte de resíduos de amianto, avançou o Ministério do Ambiente, é efetuada de acordo com as regras específicas por entidades autorizadas pela Autoridades para as Condições do Trabalho, "sendo garantido o melhor acompanhamento e acondicionamento dos resíduos".

Só é aceite o amianto que se encontre acondicionado em embalagens fechadas e apropriadas, e rotuladas com a indicação "contém amianto", adiantou o ministério.

Greve arranca com fecho de escola
O Sindicato de Todos os Professores (STOP) marcou para hoje um protesto na Escola Básica 2,3 Dom Domingos Jardo, em Mira-Sintra(Sintra), prevendo o fecho da escola. O sindicato contesta a existência de amianto nas escolas e anunciou uma greve de sexta-feira até ao dia 18.

SAIBA MAIS 
218
pessoas morreram em Portugal, entre 2007 e 2012, vítimas de mesotelioma, um cancro provocado pela exposição ao amianto, 40 das quais só em 2012. O amianto é uma ameaça à saúde. A remoção envolve apertadas regras de segurança.

Perigo em 100 escolas
O Sindicato de Todos os Professores (STOP) estima que existam cerca de 100 escolas com amianto, embora o Governo tenha prometido em 2016 que até final de 2018 o problema estaria resolvido.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)