Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Algarve admite que profissionais de saúde podem ter de sacrificar férias devido ao combate à pandemia de Covid-19

Revelação foi feita pelo secretário de Estado responsável pela coordenação regional da covid-19.
Lusa 1 de Julho de 2021 às 09:30
Doente ~com Covid nos cuidados intensivos do hospital Pedro Hispano, em Matosinhos
Doente ~com Covid nos cuidados intensivos do hospital Pedro Hispano, em Matosinhos FOTO: Getty Images
O Centro Hospitalar do Algarve admite que os profissionais de saúde podem ter de sacrificar as férias a que têm direito por causa do combate à pandemia, revelou secretário de Estado responsável pela coordenação regional da covid-19.

Numa entrevista ao jornal Público e à Rádio Renascença, Jorge Botelho conta que falou com a presidente do conselho de administração do centro hospitalar do Algarve, que admitiu essa possibilidade.

"Hoje mesmo a presidente do conselho de administração do centro hospitalar do Algarve disse-me que estavam a programar as coisas e a fazer tudo para tentar evitar prejudicar a atividade normal e já falava que se calhar os profissionais de saúde vão ter de sacrificar férias a que têm plenamente direito em função de uma resposta atempada para controlar a pandemia", afirmou.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Algarve Centro Hospitalar do Algarve saúde questões sociais
Ver comentários