Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Aluno de 11 anos aterroriza escola

Alunos e professores já foram vítimas do estudante.
Paulo Jorge Duarte 29 de Março de 2017 às 01:30
Os pais fecharam a cadeado o portão da escola e foi preciso a intervenção da PSP para a reabertura do espaço
Aluno de 11 anos lança terror na escola
Aluno de 11 anos lança terror na escola
Os pais fecharam a cadeado o portão da escola e foi preciso a intervenção da PSP para a reabertura do espaço
Aluno de 11 anos lança terror na escola
Aluno de 11 anos lança terror na escola
Os pais fecharam a cadeado o portão da escola e foi preciso a intervenção da PSP para a reabertura do espaço
Aluno de 11 anos lança terror na escola
Aluno de 11 anos lança terror na escola
Um aluno de 11 anos é apontado como o responsável pelo clima de terror e medo que se vive no Centro Escolar de Silvalde, Espinho. O jovem agrediu, nos últimos dois anos, alunos, funcionários e professores. No dia 24 agrediu uma professora, fraturando-lhe um pulso. A docente está de baixa médica. Segundo os encarregados de educação, há alunas que se fecham na casa de banho durante os intervalos com medo do comportamento agressivo do aluno. Ontem de manhã, o portão da escola foi fechado a cadeado.  

"Este aluno está a ser acompanhado pela escola e pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens. O jovem irá ficar em casa até ao fim deste período letivo para que se possa encontrar uma solução", disse ao CM Ilídio Sá, diretor do agrupamento escolar.

O grupo de pais que ontem se concentrou junto à entrada da escola queixa-se de não ser recebido pelo diretor do agrupamento e acusa a associação de pais de não tomar medidas para evitar as agressões. "Há dois anos que se passam coisas graves com este aluno e, ultimamente, o comportamento tem ficado mais agressivo. É inadmissível e vou pedir a transferência do meu filho para outra escola", disse Mariana Rocha, mãe de um dos alunos agredidos.

"Ele já disse que me matava e fiquei com medo de vir para a escola", diz Daniel Pinto, um dos alunos vítima do jovem.

"O nosso colega está a ser acompanhado por médicos e professores, mas precisa de ajuda", diz Henrique Saxe Bastos, de 9 anos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)