Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Alunos desfavorecidos correm maior risco de desemprego

Estudo envolveu 11 investigadores que, ao longo de 19 meses, analisaram todas as estatísticas sobre o ensino no País.
Correio da Manhã 30 de Novembro de 2021 às 08:52
Escola
Escola
Os alunos oriundos de meios desfavorecidos correm maior risco de desemprego – mesmo que tenham formação Superior.

A conclusão é de um estudo levado a cabo pelo EDULOG, da Fundação Belmiro de Azevedo, divulgado ontem. De acordo com a investigação, os estudantes de contextos socioeconómicos menos favorecidos têm também menor possibilidade de entrar num curso de excelência e maior taxa de abandono escolar.

O estudo conclui que aumentar a base do Ensino Superior não é sinónimo de igualdade de oportunidades e recomenda que se alargue a base de estudantes elegíveis para bolsas de estudo. Não só os filhos da classe média inferior não são, normalmente, elegíveis para receberem bolsa, como os valores atribuídos deveriam ser, segundo os investigadores, “substancialmente” aumentados.

Este estudo envolveu 11 investigadores que, ao longo de 19 meses, analisaram todas as estatísticas sobre o ensino no País.
Ensino Superior universidades educação
Ver comentários