Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

Alunos portugueses regressam da China por não terem aulas devido ao coronavírus

24 alunos do Instituto Politécnico de Leiria voltam a Portugal.
Bernardo Esteves 13 de Fevereiro de 2020 às 08:48
Coronavírus na China
Coronavírus na China FOTO: Lusa
Vinte e quatro estudantes da licenciatura em Tradução e Interpretação Português-Chinês/Chinês-Português do Politécnico de Leiria, que estavam em Pequim e Macau, já regressaram a Portugal.

Segundo Rui Pedrosa, presidente do politécnico, no âmbito desta licenciatura os alunos "passam obrigatoriamente um ano em Macau e um ano em Pequim", mas devido ao "adiamento por tempo indeterminado do início do segundo semestre" decidiram regressar a Portugal, com apoio do politécnico e da embaixada de Portugal em Pequim.

Houve 21 estudantes que chegaram na segunda-feira de Pequim e outros três que já tinham vindo de Macau. Estes últimos "foram sujeitos a um rastreio antes de virem para Portugal", afirmou Pedrosa, garantindo que "o Politécnico de Leiria recebeu os estudantes no aeroporto e está a seguir todas as recomendações das autoridades locais de saúde".

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, disse ao CM que os alunos "foram submetidos ao que está no protocolo da Organização Mundial de Saúde que é receber um folheto de aconselhamento sobre o que fazer". O número de novos casos na província de Hubei esta terça-feira foi de 1638, o mais baixo desde o início do surto. O número de mortos subiu para 1115 e há mais de 44 mil infetados. A OMS afirmou ser cedo para prever o fim do surto.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)