Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Amadora-Sintra quer mais meios

Administração hospitalar reuniu com diretores de serviço.
Cristina Serra 18 de Fevereiro de 2015 às 14:31
Urgências do Hospital Amadora-Sintra
Urgências do Hospital Amadora-Sintra FOTO: Sérgio Lemos

O conselho de administração do Hospital Fernando da Fonseca (Amadora-Sintra) vai enviar ao Ministério da Saúde um documento com a apresentação dos problemas que levaram à demissão em bloco, na terça-feira, dos diretores de serviço. O relatório foi elaborado em conjunto entre administração hospitalar e os médicos.

Esta é uma das medidas que saiu do final da reunião, esta manhã, entre a administração hospitalar e os 28 diretores de serviço que apresentaram a demissão.

No documento a enviar à tutela, nas próximas horas, o conselho de administração apresenta soluções para os problemas.

O CM apurou que a administração pretende o reforço de meios técnicos e humanos.

No final da reunião foi divulgado que a nova diretora clínica é a pediatra Helena Isabel Almeida, responsável pelo núcleo de apoio às crianças e jovens em risco do Hospital Amadora-Sintra.

Cabe à diretora clínica manter os diretores de serviço em funções, os 28 que apresentaram a demissão e os cinco que não apresentaram, ou renovar todos os diretores de serviços.

Reação do Conselho Regional do Sul da Ordem dos Médicos

Em comunicado, o Conselho Regional do Sul da Ordem dos Médicos diz que "a verdade nua e crua é que com esta política de contenção de despesas e de contratos em outsourcing dificilmente poderão melhorar as condições de trabalho dos médicos e os cuidados de saúde prestados aos doentes".

"A responsabilidade deste caos no SNS de que não há memória tem responsáveis: são os dirigentes políticos da saúde, orientados pelo ministro da tutela, e os gestores por eles nomeados, não são os médicos nem os outros profissionais de saúde", lê-se no comunicado.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)