Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
6

Ameaça de cortes e despedimentos

Fusão dos três hospitais da região deverá implicar uma redução no número de profissionais e serviços disponíveis. Unidade de Lagos pode fechar
19 de Julho de 2013 às 01:00

A criação do Centro Hospitalar do Algarve (CHA), resultante da fusão do Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio e do Hospital de Faro, deverá levar a despedimentos e cortes nos serviços que existem nas duas unidades. O encerramento do Hospital de Lagos também está a ser equacionada no processo.

De acordo com várias fontes contactadas, os despedimentos poderão afetar médicos, enfermeiros, auxiliares de saúde e pessoal administrativo. Esta medida, de resto, terá estado na base do pedido de demissão de Martins dos Santos, presidente da Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve. De férias, Martins dos Santos tem-se mantido em silêncio mas o presidente demissionário da ARS, por várias vezes ao longo do processo de criação do CHA, garantiu que não haveria despedimentos nem fecho de serviços.

Pedro Nunes, ontem nomeado presidente do conselho de administração do CHA, nega tudo. "Não está previsto qualquer tipo de despedimentos", assegurou ao CM, adiantando que "a tendência não é para reduzir, mas para contratar". Pedro Nunes garante também que "não passa pela cabeça de ninguém acabar com a Urgência Básica no Hospital de Lagos" Mas sobre o internamento e consultas externas naquele hospital, limita-se a afirmar que "deverão manter-se".

O novo responsável máximo do CHA diz ainda que não está prevista a diminuição de valências na unidade de Portimão. "Pelo contrário, o que se quer é aumentar a disponibilidade de serviços", garante, adiantando que "valências que eram deficitárias passarão a contar com o apoio de especialistas de Faro". Pedro Nunes refere que a criação do CHA permitirá dotar o Algarve de "uma Urgência polivalente que seja segura", através de uma gestão homogénea dos recursos médicos atualmente dispersos pelos hospitais de Faro e Portimão.

faro saúde centro hospitalar
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)