Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

António Mexia sobre coronavírus: "Portugal reagiu bem" mas "Europa pode e deve fazer melhor" para mitigar efeitos

É "essencial que a liquidez" e as medidas de apoio "sejam rápidas a chegar aos sítios certos".
Jornal de Negócios 27 de Abril de 2020 às 18:55
António Mexia
António Mexia

O presidente da EDP, António Mexia, considera que Portugal reagiu "bem" com as medidas que implementou para mitigar os efeitos da pandemia da covid-19 na economia.

Após uma audiência com o Presidente da República, em Belém, Mexia foi questionado sobre como avaliava os programas de apoio que o Governo português aprovou. "Todos sentimos urgência" na implementação das medidas, e que estas cheguem ao terreno da forma mais "rápida" e com o maior "impacto possível".

É "essencial que a liquidez" e as medidas de apoio "sejam rápidas a chegar aos sítios certos", como as empresa e as famílias que estão a ser mais afetadas pela pandemia, acrescentou Mexia, concluindo que "Portugal reagiu bem".

O mesmo não se pode dizer da Europa, que "pode e deve fazer melhor", disse o presidente da EDP, considerando que o exame final à eficácia das medidas a implementar por Bruxelas "ainda está por fazer".

Sobre o ataque informático de que a elétrica portuguesa foi alvo, o presidente da EDP reiterou que os "hackers" só acederam a informação genérica e nunca esteve em causa a função básica da EDP, que passa por fornecer energia elétrica às pessoas. António Mexia revelou ainda que a empresa não pagou qualquer valor aos "hackers".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)