Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

'Apagão' provocou caos nas farmácias

Problema fez com que utentes só levassem a fatura simplificada.
Cátia Vicente, José Carlos Eusébio e Teresa Oliveira 1 de Maio de 2016 às 02:30
Atualização de sistema informático impediu a venda de medicamentos com receitas eletrónicas
Atualização de sistema informático impediu a venda de medicamentos com receitas eletrónicas FOTO: Pedro Catarino
O ‘apagão’ das receitas eletrónicas provocou o caos em algumas farmácias do País logo a partir das 13h00.

Quem levava guia de tratamento ainda conseguiu medicamentos com desconto, mas na segunda-feira tem de regressar à farmácia para ir buscar a fatura final. Já os utentes que levaram apenas a receita no telemóvel não a puderam aviar, porque o sistema de leitura ótica dos códigos estava desligado.

"De manhã tudo correu normalmente, mas no início do apagão complicou-se, porque as pessoas não estavam a perceber", explica ao CM Maria José Caciones, da Farmácia Central de Carnaxide (Oeiras). Situação idêntica ocorreu em Carnide (Lisboa), Portimão, Lagoa, Coimbra e Santarém.

Já com as receitas em papel, oriundas de hospitais, "não houve problemas", confirmaram ao CM utentes de Carnaxide e de Eiras (Coimbra).

Estava previsto que o ‘apagão’ terminasse às 06h00 da madrugada de hoje.
farmácias receitas eletrónicas saúde faturas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)