Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

Apenas cinco dos 17 radares estão a funcionar em Lisboa

Cinco radares estão em manutenção devido a vandalismo.
27 de Janeiro de 2016 às 20:20
Radares na Avenida Gago Coutinho, em Lisboa
Radares na Avenida Gago Coutinho, em Lisboa FOTO: Miguel A. Lopes/Lusa

O vereador das Obras Municipais da Câmara de Lisboa, Manuel Salgado, afirmou esta quarta-feira que, dos 17 radares existentes na cidade, apenas cinco "estão em funcionamento", estando outros tantos "em manutenção".

Durante uma reunião pública da Câmara Municipal de Lisboa, o vereador afirmou que "cinco radares estão em funcionamento e cinco estão em manutenção" devido a vandalismo, num "conjunto de 17" aparelhos de controlo de velocidade existentes.

Numa informação escrita enviada à agência Lusa em janeiro de 2015, a autarquia indicou que a rede de radares na cidade, que impõem limites de 50 ou 80 quilómetros/hora, compreendia as avenidas da Índia, Brasília, Infante D. Henrique, Marechal António Spínola, da República (Entrecampos) e das Descobertas, a Radial de Benfica, o Campo Grande, a Segunda Circular e os túneis do Marquês de Pombal e João XXI e referiu que cada eixo tem "um ou mais radares instalados".

Manuel Salgado acrescentou que a operacionalização da aplicação de multas a quem circular a uma velocidade maior do que a permitida nestes troços está "ultrapassada há cerca de um mês e meio".

Após ter anunciado na segunda-feira que a Segunda Circular iria ter "uma bateria de radares" após a requalificação agendada, Manuel Salgado afirmou que o "projeto prevê a instalação de mais radares que os que existem neste momento para controlar a velocidade de circulação", não especificando um número concreto.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)