Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
6

Aspirina pode prevenir primeiro enfarte apenas para quem tem risco cardiovascular

Especialista diz que o medicamento "previne a ocorrência destes eventos" mas tem efeitos secundários.
Lusa 13 de Outubro de 2021 às 23:34
Aspirina
Aspirina FOTO: Getty Images
A toma regular da aspirina para prevenir um primeiro ataque cardíaco ou um acidente vascular cerebral (AVC) deve ser feita apenas por quem apresenta elevado risco cardiovascular e mediante acompanhamento médico, alertou hoje um especialista.

"Só num grupo restrito de pessoas com muito risco cardiovascular pode ser benéfico fazer aspirina antes de qualquer evento cardiovascular", adiantou à Lusa Rui Guerreiro, o coordenador do grupo de estudo de tromboses e plaquetas da Sociedade Portuguesa de Cardiologia (SPC).

Segundo o médico, nas pessoas que nunca tiveram um enfarte ou um AVC, os últimos estudos mostram que, embora o medicamento "previna a ocorrência destes eventos, tem um custo significativo" de aumento da possibilidade de hemorragias, principalmente ao nível gastrointestinal.

AVC saúde estudo especialistas aspirinas
Ver comentários