Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

Associação acusa Ministério da Saúde de falhar pagamento de 10,5 ME

A Associação Nacional das Farmácias acusou esta segunda-feira o Ministério da Saúde de falhar o pagamento de 10,5 milhões de euros às farmácias do Norte, um valor referente ao mês de Agosto.

15 de Outubro de 2012 às 11:46
Associação acusa Ministério da Saúde de falhar pagamento de 10,5 ME
Associação acusa Ministério da Saúde de falhar pagamento de 10,5 ME FOTO: Bruno Colaço

"O Ministério da Saúde não pagou 10,5 milhões de euros de uma fatura global de 31,2 milhões de euros, mesmo com a redução significativa da despesa do Estado com comparticipações dos medicamentos", lê-se num comunicado de imprensa enviado à Lusa.

Segundo a Associação Nacional das Farmácias (ANF), o Ministério da Saúde, através Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte, "falhou o pagamento às farmácias da região", um pagamento que deveria ter acontecido em 10 de Outubro, relativamente às comparticipações do mês de Agosto.

O atraso dos pagamentos da ARS Norte às farmácias atinge atualmente "74,1 milhões de euros".

A ANF classifica a atual situação das farmácias de "colapso económico" e informa que existem "1.250 farmácias com fornecimentos suspensos nos fornecedores" e "mais de 300 milhões de euros de dívida litigiosa aos grossistas", recordando que as dificuldades financeiras se estão a agravar "devido aos atrasos nos pagamentos por parte do Ministério da Saúde".

A Lusa contactou a ARS Norte, através da assessoria, mas até ao momento ainda não foi possível obter uma reação daquela instituição.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)