Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Ataque mata jovem

O desfile de Carnaval de Estarreja ficou ensombrado pela morte de Laura Valente, de 25 anos, na noite de sexta-feira. A vítima estava com os pais num café, no centro da cidade, quando se sentiu indisposta. Minutos antes da marcha começar, a jovem, que tinha uma filha de quatro anos, sofreu uma paragem cardíaca que se revelou fatal. Nem a rápida intervenção dos bombeiros e do INEM conseguiu salvar Laura.

19 de Fevereiro de 2012 às 01:00
Pedro (na foto) ficou inconsolável com morte da irmã, Laura Valente. Tinha uma filha de quatro anos
Pedro (na foto) ficou inconsolável com morte da irmã, Laura Valente. Tinha uma filha de quatro anos FOTO: Nuno Fernandes Veiga

"Pensámos que fosse alguém que tinha bebido de mais, já é costume neste dia. O desfile estava a começar, mas ficou tudo parado para os bombeiros passarem", contou uma comerciante local ao CM.

Ontem à tarde, em casa da vítima, o ambiente era de grande consternação. "É uma injustiça e uma situação muito difícil", disse Pedro, irmão de Laura, lavado em lágrimas. A jovem foi reanimada por duas vezes, mas de nada adiantou.

Uma funcionária do café onde Laura Valente morreu também explicou as circunstâncias da morte da jovem. "A rapariga estava com os pais, mas só eles é que tomaram um chá. A Laura disse que não se sentia muito bem. De repente, deu-lhe um ataque e ela caiu ao chão", disse a mulher.

ESTARREJA MORTE ÓBITO ATAQUE
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)