Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Autarquia retira Passos da forca

Uma exposição de trabalhos feitos por crianças está a gerar polémica em Castro Daire. Um dos alunos da escola básica criou um espantalho que satiriza o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, enforcado e a segurar uma lista de dívidas. Os responsáveis da escola acusam a autarquia de ter, entretanto, mandado retirar o boneco, o que indignou professores e alunos.
27 de Maio de 2012 às 01:00
O espantalho enforcado que satiriza Passos Coelho levantou polémica
O espantalho enforcado que satiriza Passos Coelho levantou polémica FOTO: Imagens SIC

A exposição de espantalhos feitos pelos alunos dos 7º e 8º anos da EB 2,3 de Castro Daire, com materiais reciclados, está a enfeitar a praça central da vila. Mas foi o enforcado que atraiu as atenções.

O professor Paulo Carvalho estranha a polémica: "A exposição é uma sátira política normalíssima, qualquer desfile carnavalesco faz sátira aos políticos e não levanta esta polémica."

O docente afirma ainda não perceber porque é que as "pessoas se insurgem" com um trabalho feito por crianças.

A autarquia considerou que não era um bom exemplo, e o boneco desapareceu. Havia quem achasse que era "chocante". O boneco vai voltar à praça, mas sem a corda à volta do pescoço.

PASSOS COELHO CASTRO DAIRE EXPOSIÇÃO ALUNO CRIAÇÃO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)