Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Autópsias em videoconferência avançam em 2009

A autópsia de corpos por vídeoconferência deverá avançar em 2009, através da ligação da rede de gabinetes médico-legais. O projecto é candidato a fundos comunitários.
27 de Outubro de 2008 às 08:19
Autópsias em videoconferência avançam em 2009
Autópsias em videoconferência avançam em 2009 FOTO: d.r.

Com um atraso de dois anos em relação ao previsto, depois de em Novembro de 2006, o secretário de Estado Adjunto e da Justiça ter anunciado que os gabinetes médico-legais estariam ligados em rede a partir de 2007 o sistema deverá agora avançar em 2009.

O gabinete do secretário de Estado Adjunto e da Justiça candidatou ao QREN (Quadro de Referência Estratégico Nacional) o projecto de aquisição e desenvolvimento do sistema de videoconferência e telemedicina para o Instituto Nacional de Medicina Legal, e aguarda agora a disponibilidade das verbas do QREN para o projecto avançar. De acordo com informação do ministério da Justiça, estão já assegurados os montantes destinados à comparticipação nacional.  

A ligação em videoconferência permitirá que um especialista faça o acompanhamento de uma perícia médico-legal à distância, tornando os procedimentos mais rápidos e evitando a deslocação de especialistas entre os mais de 30 gabinetes médico-legais existentes no País.

O sistema implica um investimento de 188 mil euros.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)