Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Bancos de horas individuais terminam em outubro

Medida era pedida pelas empresas face à crise causada pela Covid-19.
Lusa 14 de Setembro de 2020 às 19:53
Governo
Governo FOTO: António Cotrim/ Lusa
O Governo fechou esta segunda-feira a porta a um adiamento do fim dos bancos de horas individuais, medida que era pedida pelas empresas face à crise causada pela covid-19, pelo que este regime deixará de existir em outubro.

"As empresas que pretendam implementar bancos de horas poderão mobilizar esse recurso nos termos já previstos na lei em vigor", disse à Lusa fonte oficial do gabinete do secretário de Estado Adjunto, do Trabalho e da Formação Profissional, Miguel Cabrita, quando questionado sobre um eventual adiamento do prazo devido à pandemia, como pedem associações empresariais.

Assim, a partir de 1 de outubro, deixam de poder existir bancos de horas individuais em funcionamento, tal como estava previsto nas alterações à lei laboral que entraram em vigor há um ano.

economia negócios e finanças Governo banco de horas fim outubro Covid-19 medida
Ver comentários