Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Bastonária dos Enfermeiros anuncia recandidatura ao cargo

Anúncio de Ana Rita Cavaco surge em momento de particular crispação com a ministra da Saúde.
Lusa 11 de Maio de 2019 às 17:40
Bastonária dos enfermeiros
Bastonária dos enfermeiros, Ana Rita Cavaco, esteve no Parlamento
Ana Rita Cavaco, bastonária da Ordem dos Enfermeiros
Ana Rita Cavaco
Bastonária dos enfermeiros
Bastonária dos enfermeiros, Ana Rita Cavaco, esteve no Parlamento
Ana Rita Cavaco, bastonária da Ordem dos Enfermeiros
Ana Rita Cavaco
Bastonária dos enfermeiros
Bastonária dos enfermeiros, Ana Rita Cavaco, esteve no Parlamento
Ana Rita Cavaco, bastonária da Ordem dos Enfermeiros
Ana Rita Cavaco

A bastonária da Ordem dos Enfermeiros, Ana Rita Cavaco, anunciou este sábado no Porto a sua recandidatura ao cargo nas eleições que vão decorrer dentro de seis meses.

"Eu estou aqui inteira, livre, como sempre estive, para vos dizer que podem contar comigo para mais quatro anos se essa for a vossa vontade. Se essa for a vontade dos enfermeiros portugueses", afirmou Ana Rita Cavaco no seu discurso de encerramento da I Convenção Internacional dos Enfermeiros, que hoje termina no Porto.

A bastonária assume assim, pela primeira vez, a recandidatura à liderança da Ordem dos Enfermeiros, num momento de particular crispação com a ministra da Saúde, após insinuações sobre extrapolação de funções da bastonária e a realização de uma sindicância à Ordem.

Ana Rita Cavaco fez um balanço do seu mandato, comparando-o a uma viagem "improvável" e com "lutas desgastantes".

"Foi uma bonita viagem. Dura, mas bonita. Voltava a fazê-la, mesmo sabendo que teria de pagar o preço por estar inequivocamente ao vosso lado", disse.

A bastonária assume que deu a cara "por um tempo novo", sentido a sua missão cumprida, porque "os enfermeiros perderam o medo de resistir".

A representante dos enfermeiros rejeitou ainda "falsos consensos ou silêncios hipócritas" e insistiu que "não há regulação da profissão sem assegurar o número mínimo de enfermeiros nos serviços" e também não existe regulação "sem a capacidade de perceber que os baixos salários influenciam a prestação dos cuidados".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)