Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Bastonário dos Médicos diz que é "erro" abdicar da matriz de risco da Covid-19

Miguel Guimarães reiterou a necessidade que existia da revisão da matriz de monitorização da situação epidemiológica.
Lusa 30 de Julho de 2021 às 16:02
Miguel Guimarães
Miguel Guimarães FOTO: António Pedro Santos
O bastonário da Ordem dos Médicos considerou esta sexta-feira um "erro" a decisão do Governo de deixar de associar a evolução na matriz de risco de monitorização da covid-19 às medidas a tomar para o combate à pandemia.

Em declarações à Lusa, Miguel Guimarães reiterou a necessidade que existia da revisão da matriz de monitorização da situação epidemiológica, mas vincou que colocar o foco na população vacinada está sujeita a outras variáveis mais imprevisíveis, como a eficácia das vacinas ao longo do tempo ou eventuais novas variantes do vírus SARS-CoV-2.

"Não ter um indicador associado, que permita ter uma monitorização, é um erro, porque devemos ser muito objetivos e claros naquilo que comunicamos com a população. Só assim é que conseguimos que as pessoas adiram às medidas que vão sendo tomadas, ao processo de vacinação e às medidas básicas de prevenção individual e coletiva. Era fundamental ter um indicador aqui e não apenas um gráfico a dizer a taxa de população vacinada", explicou.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Covid-19 Governo saúde doenças
Ver comentários