Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Bastonário dos Médicos exige pedido de desculpa do ministro da Saúde

"O senhor ministro não disse a verdade aos portugueses e isso é grave", declarou Miguel Guimarães.
Lusa 10 de Julho de 2018 às 13:55
Miguel Guimarães, bastonário da Ordem dos Médicos
Miguel Guimarães, bastonário da Ordem dos Médicos
O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães
Miguel Guimarães, bastonário da Ordem dos Médicos
Miguel Guimarães, bastonário da Ordem dos Médicos
O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães
Miguel Guimarães, bastonário da Ordem dos Médicos
Miguel Guimarães, bastonário da Ordem dos Médicos
O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães

O bastonário da Ordem dos Médicos exigiu esta terça-feira que o ministro da Saúde fizesse um pedido de desculpa aos profissionais da urgência do Hospital São José que pediram a demissão, garantindo que a carta foi assinada por 16 chefes de serviço.

Em declarações aos jornalistas após reuniões e uma visita ao Hospital São José, em Lisboa, Miguel Guimarães acusou o ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, de não ter falado a verdade quando resumiu o caso a " dois ou três chefes de equipa que escreveram uma carta, que não se demitiram".

"O senhor ministro não disse a verdade aos portugueses e isso é grave", declarou o bastonário.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)