Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

Bebé de oito dias morre após atraso no socorro médico em Portalegre

VMER do hospital local não esteve disponível até às 20h00, devido à falta de médico para a tripular.
Pedro Zagacho Gonçalves(pedrogoncalves@cmjornal.pt) e Ângela Gonçalves Marques 28 de Janeiro de 2022 às 01:30
A carregar o vídeo ...
Bebé de oito dias morre após atraso no socorro médico em Portalegre
Um bebé de oito dias morreu esta quinta-feira no Hospital de Portalegre, após o pedido de socorro, feito pelo pai da criança, ficar sem resposta por parte da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) daquela unidade de saúde.

De acordo com a ‘Sábado’, a viatura médica de emergência e reanimação não esteve disponível até às 20h00, devido à falta de médico para a tripular. Pedro Bezerra, comandante dos Bombeiros Voluntários de Portalegre, adianta ao CM que foram feitas "manobras de reanimação cardiorrespiratória no local e até chegar ao hospital, mas não foram suficientes".

"É evidente que o apoio médico teria decidido a situação", lamenta o responsável. Os meios do INEM e dois bombeiros estiveram no local, mas já não conseguiram reverter a situação.

O alerta foi dado pelas 09h33, para uma casa localizada em Alagoa, Portalegre. As circunstâncias da morte ainda são desconhecidas. Na resposta ao pedido de socorro, os bombeiros foram apenas informados de que o bebé "estava mal". O INEM, que aciona as Viaturas Médicas de Emergência e Reanimação (VMER), está a apurar o sucedido.
Ver comentários