Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Boa gastronomia a preços anticrise no Festival de Santarém

Bilhete de acesso ao festival custa dois euros
26 de Outubro de 2013 às 10:15
A organização espera a visita de cerca de 60 mil pessoas
A organização espera a visita de cerca de 60 mil pessoas FOTO: João Nuno Pepino

Os empresários da restauração presentes no 33º Festival de Gastronomia, que começou ontem em Santarém, esperam que a crise não afaste os visitantes do certame, que se prolonga até dia 3 de novembro.

No geral, houve algum cuidado com os preços das refeições, que não sofreram aumentos em relação a 2012, e são servidos pratos pequenos ao balcão, com petiscos mais ligeiros que permitem não só comer mais em conta, como provar a oferta de mais restaurantes. O festival reúne 13 restaurantes de todas as regiões de turismo de Portugal. "Eu tenho esperança de que a crise não afaste as pessoas. O público deve continuar a vir a este tipo de certames, mesmo que gaste menos dinheiro", disse ao CM João Espírito Santo, da Taberna do Alfaiate.

"Este festival sempre foi direcionado para uma classe média, média/alta. Acho que a crise poderá não se fazer sentir", afirmou César Piedade, do restaurante Casa dos Torricados, que ontem, juntamente com o São Rosas, de Estremoz, foram os responsáveis pela confeção do jantar temático oferecido pelo Turismo do Alentejo e Ribatejo. O bilhete normal para o festival custa dois euros.

FESTIVAL GASTRONOMIA SANTARÉM
Ver comentários