Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

Botulismo matou aves da Moita

Toxina em causa afeta somente aves: não há risco para as pessoas.
Francisca Genésio 31 de Agosto de 2017 às 08:38
Patos
Patos FOTO: Rui Minderico
O botulismo, uma intoxicação alimentar rara causada por uma toxina, poderá ser a causa da morte de várias aves que apareceram na confluência do rio da Moita com a Caldeira da Moita, junto ao largo da Feira, em julho.

Em comunicado, a autarquia da Moita, que procurou conhecer as causas do incidente junto das entidades competentes, como o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, revelou que a doença foi "agravada pelas condições meteorológicas, como o calor e a seca".

A autarquia esclarece ainda que "a toxina em causa afeta somente as aves, não constituindo risco para as pessoas".

Segundo as análises realizadas à água da Caldeira da Moita, "não revelaram qualquer indício que possa estar na origem deste incidente".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)