Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Bruxelas recomenda máscaras nos voos mas abdica de lugares vazios apesar de pandemia do coronavírus

Comissária europeia dos Transportes diz que “utilizar equipamentos de proteção" deve ser uma das condições.
Lusa 3 de Maio de 2020 às 09:24
Avião
Avião FOTO: Getty Images
A Comissão Europeia recomenda que, quando os voos forem retomados, os passageiros utilizem equipamentos de proteção como máscaras, mas abdica da regra de colocar assentos vazios para garantir distanciamento, reconhecendo que isso afeta a viabilidade económica das operações.

"Utilizar equipamentos de proteção -- máscaras, em particular -- deve ser uma das condições. É o mínimo que podemos fazer para nos protegermos a nós e aos outros ao pé de nós", declarou em entrevista à agência Lusa, em Bruxelas, a comissária europeia dos Transportes, Adina Valean.

Numa altura em que o executivo comunitário se prepara para divulgar recomendações sobre a retoma dos serviços de transporte, dado o levantamento das medidas restritivas adotadas para conter a covid-19, a responsável precisou que outro dos conselhos de Bruxelas é que "seja garantida alguma distância [entre passageiros], o que é mais fácil de assegurar em aeroportos, em estações e mesmo em autocarros e comboios".

Bruxelas Comissão Europeia economia negócios e finanças questões sociais transportes aviação
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)