Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Cada vez mais abandonos em lares de idosos

O presidente da União das Misericórdias não acredita que seja apenas a crise a falar mais alto.
14 de Novembro de 2013 às 09:45
O governo diz que o reforço da legislação está para breve
O governo diz que o reforço da legislação está para breve FOTO: Tetra Images - Vstock

Os casos de abandonos em lares de idosos continuam a aumentar. O governo diz que o reforço da legislação, que anunciou há um ano, está para breve. Por sua vez, a União das Misericórdias afirma que, enquanto isso, o número de casos de abandono de idosos continua a disparar.

O ministro da Solidariedade e da Segurança Social defendeu, há um ano no Fórum TSF, a necessidade de responsabilizar as famílias que abandonam os idosos nos hospitais e lares. No entanto, reconheceu que seria preciso implementar ainda outras medidas.

"Também percebemos que temos de conseguir agir num conjunto de fatores que levam, muitas vezes, as famílias a proceder a esses mesmos abandonos", sublinhou, na altura, Pedro Mota Soares.

UM ANO DEPOIS...

Um ano depois, a União das Misericórdias denuncia que continua a aumentar o número de casos de idosos que são abandonados pelas famílias em lares de terceira idade, enquanto o governo não avança com nova legislação.

Manuel Lemos não acredita que seja só a crise que está na origem deste fenómeno social. Sobre o atraso do governo em avançar com nova legislação, o presidente da União das Misericórdias admite que o Executivo esteja a ser sensível às dificuldades das famílias.

 

lar idoso união das misericórdias governo pedro mota soares abandono legislação
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)