Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Cães soltam-se e atacam vizinhos

Populares estão revoltados com ataques. Num mês, três pessoas foram mordidas.
7 de Junho de 2014 às 09:01
A freguesia de Lama, em Barcelos, está a ser ameaçada por uma matilha
A freguesia de Lama, em Barcelos, está a ser ameaçada por uma matilha FOTO: direitos reservados

"Alguém tem de pôr fim a esta tragédia. As pessoas têm medo de passar aqui, porque estão sempre a ser atacadas." A revolta de José Cruz espelha o sentimento da maior parte dos moradores da freguesia de Lama, em Barcelos, que há mais de um ano vivem em pânico com os constantes ataques de uma matilha junto à igreja. Em apenas um mês, três pessoas foram mordidas pelos cães. O último ataque aconteceu na passada terça-feira.

A dona dos cães garante que estão a usar os animais para a atacar a ela. "Isto não passa de uma campanha contra mim. As pessoas têm inveja e estão a usar os animais para me atingir", disse ao CM Ilídia Gomes, proprietária dos 12 animais.

Os cães estão fechados numa quinta, paredes meias com o adro da igreja. A dona, que vive em Famalicão, é quem os alimenta, dizem os moradores, "duas vezes por semana". Mas a matilha salta constantemente a vedação e passeia-se pelos escadórios da igreja, onde já existem pedras para evitar os constantes ataques dos cães. "As pessoas andam por aí e as pessoas estão cheias de medo", avançou Albertina Araújo, vizinha da quinta. A junta de freguesia avançou com queixa para o Ministério Público e está a aguardar resposta. A Câmara de Barcelos notificou a proprietária e deu prazo para construir um canil particular na quinta.

cães ataque Barcelos mordidas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)