Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
8

Calor não assusta Alentejo

O Verão chegou quente ao Alentejo, com as temperaturas a subir rapidamente nos últimos dias. Os termómetros já passaram em algumas localidades os 35 graus, mas nas Urgências hospitalares não há registo de uma afluência fora do comum para a época do ano de casos relacionados com os efeitos nefastos do Sol.

23 de Junho de 2008 às 00:30
Urgências recebem sobretudo desidratações e queimaduras solares
Urgências recebem sobretudo desidratações e queimaduras solares FOTO: Natália Ferraz

"Nos últimos dias voltou a normalidade. Só na semana passada, quando as temperaturas começaram a subir, registámos um aumento de ocorrências, nomeadamente nos grupos de risco, idosos e crianças. Agora a população já se habituou ao calor", disse ao CM fonte do Hospital do Espírito Santo, em Évora.

Desidratações e queimaduras resultantes de elevada exposição ao Sol são as principais ocorrências registadas nos serviços de Urgência no Alentejo. O cenário tem contornos semelhantes nos hospitais de Beja e de Portalegre, cidades com elevadas temperaturas durante esta época do ano.

Nas três unidades de referência da região houve uma especial preocupação relacionada com a vaga de calor que se prevê para os próximos meses. "Temos especial preocupação com os sistemas de climatização. Não haverá problemas nesse sentido" disse Miguel Góis, porta-voz do Centro Hospitalar do Baixo Alentejo, que engloba os hospitais de Beja e de Serpa. Em Évora, o sistema de ar condicionado, que deu problemas em anos anteriores, já funciona na plenitude desde 2007. Em Portalegre também houve um investimento, superior a 650 mil euros, para remodelação do sistema de climatização do hospital. Também nesta cidade, até à data, não foram registadas situações anómalas relacionadas com o calor. A falta de climatização nos hospitais é um dos motivos para o aumento de mortes quando está calor. Evitar a exposição ao Sol nas horas de maior calor, ingerir bebidas não alcoólicas e usar chapéu, óculos de sol e roupas confortáveis são os conselhos dos especialistas.

TEMPERATURAS

ALENTEJO LIDERA

Elvas foi ontem a cidade mais quente do Alentejo com 36º. Beja, Portel e Évora registaram 34º às 16h00. Igual temperatura foi também observada em Mirandela, em Trás-os-Montes.

JUNHO QUENTE

As temperaturas que nos últimos dois dias foram registadas no Alentejo estão acima dos valores habituais para esta época do ano. A média obtida entre 1961 e 1990 ronda os 30 graus.

SOL FORTE EM ESPANHA

Os termómetros atingiram ontem os 35 graus em Sevilha e em Córdova. Em Toledo, 34º e em Madrid e Badajoz 33º.

CHUVA NO INTERIOR

O Instituto de Meteorologia prevê para esta tarde aguaceiros e trovoadas no Interior Norte. Diferente será a situação no Algarve e Baixo Alentejo com a presença de Sol. No resto do País a tarde será de céu com períodos de muito nublado.

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)