Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

Carros ameaçam alunos do Alfeite

Alunos da Escola Básica do Alfeite, em Almada, são obrigados a entrar e a sair do estabelecimento pelo mesmo portão por onde circulam os automóveis dos funcionários da Base Naval do Alfeite. Damiana Fernandes conta ao CM que o filho, de oito anos, quase foi atropelado por duas vezes. "Embora a circulação automóvel seja condicionada com a colocação de barreiras junto da passadeira, há momentos em que o tráfego automóvel é retomado", diz a mãe de Gonçalo Dinis que já alertou a direcção da escola para o perigo, mas que esta, garante, "nada fez".

9 de Outubro de 2011 às 01:00
Crianças saem da Base Naval do Alfeite pelo portão por onde circulam veículos
Crianças saem da Base Naval do Alfeite pelo portão por onde circulam veículos FOTO: Diogo Pinto

"É uma situação de certa forma incompreensível e que no meu entender tem resolução. Não faz sentido colocar, à mesma hora, funcionários e crianças e entrarem e a saírem das instalações do Alfeite", acrescentou ao mesmo tempo que o filho contava como quase foi atropelado na passadeira: "A saída tem uma lomba e os carros para saírem têm de tomar balanço. Por causa disso, já houve um carro que me bateu nas pernas."

Damiana Fernandes critica ainda a inexistência de portas nas casas de banho, referindo que não é saudável para as crianças evitarem usar o WC.

A escola recusou prestar esclarecimentos ao CM e a sede de agrupamento não respondeu.

CARROS ALUNOS ESCOLA ALFEITE ALMADA
Ver comentários