Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Carros da Autoeuropa acumulados em Setúbal durante greve já foram carregados

Funcionários satisfeitos com novos horários.
Lusa 12 de Fevereiro de 2019 às 16:36
Autoeuropa
Autoeuropa
Autoeuropa
Autoeuropa
Autoeuropa
Autoeuropa
Autoeuropa
Autoeuropa
Autoeuropa

A ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, anunciou esta terça-feira, em Lisboa, que as cerca de 23 mil viaturas da Autoeuropa acumuladas no Porto de Setúbal durante a paralisação dos estivadores já foram carregadas.

"Cerca de 23 mil viaturas da Autoeuropa, acumuladas durante a paralisação, já foram carregadas [...] e as cerca de 800 viaturas produzidas por dia estão a ser escoadas, conforme foi previamente definido", disse Ana Paula Vitorino, numa audição parlamentar na Comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas.

Durante a sua intervenção, a líder do Ministério do Mar notou que a operacionalização do Porto de Setúbal "encontra-se normalizada".

Funcionários da Autoeuropa satisfeitos com novos horários
Os trabalhadores da Autoeuropa estão satisfeitos com os novos horários de trabalho de 19 turnos por semana e não tem havido quaisquer sinais de descontentamento, garantiu hoje à agência Lusa o coordenador da Comissão de Trabalhadores, Fausto Dionísio.

"Os trabalhadores da Autoeuropa preferem estes novos horários, de 19 turnos por semana, aos anteriores, de 17 turnos", disse Fausto Dionísio, assegurando que a Comissão de Trabalhadores não tem conhecimento de eventuais sinais de descontentamento.

Além da compensação financeira pelo trabalho aos sábados e domingos, remunerado a 100%, os trabalhadores da Autoeuropa continuam a gozar duas folgas por semana, incluindo dois fins de semana completos todos os meses.

Segundo revelou o jornal Eco, em reunião com a administração da empresa os sindicatos terão tentado que fosse fixado um prazo para a vigência do horário atual, mas a administração manifestou a intenção de manter o esquema de 19 turnos por semana enquanto se mantiver o ritmo de produção dos últimos meses.

A fábrica de automóveis do grupo Volkswagen em Palmela implementou os novos horários de laboração contínua para dar resposta ao elevado volume de produção do T-Roc, o novo veículo produzido na Autoeuropa desde meados do ano passado.

Em declarações à agência Lusa, o coordenador da Comissão de Trabalhadores, Fausto Dionísio, confirmou também a informação avançada por alguns órgãos de comunicação social da área económica, sobre o prolongamento da produção do Volkswagen Sharan por mais dois anos.

A produção do monovolume Volkswagen Sharan deveria ser descontinuada em 2020, mas a Volkswagen decidiu continuar a fabricar este veículo até 2022, prevendo-se que a produção vá sendo ajustada em função das encomendas.

A agência Lusa tentou ouvir a administração da fábrica de Palmela mas ainda não foi possível.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)