Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

Cascais: Bebé abandonado em saco pode ser entregue à mãe

A mãe que sexta-feira abandonou um bebé recém-nascido em Cascais ainda pode acolher a criança. O processo é longo, conforme explicou Célia Rebelo, da Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Cascais, mas é um cenário possível. Afastada está a hipótese de José Simão, o cozinheiro que encontrou o bebé, poder adoptá-lo.
14 de Dezembro de 2010 às 00:30
Bebé internado em Cascais
Bebé internado em Cascais FOTO: Pedro Catarino

"O bebé terá alta do hospital de Cascais [hoje ou amanhã] e será transferido para o centro de acolhimento escolhido pela Segurança Social", afirmou Célia Rebelo, explicando o processo de adopção: "Quem indica o casal ou a família que vai acolher o bebé é a equipa de adopção da Segurança Social. Há muitas famílias candidatas à espera".

Desde a entrada no Hospital de Cascais, muitas pessoas procuraram visitar o bebé e obter informações sobre como o poderiam acolher. De acordo com Célia Rebelo, caso a mãe seja identificada e manifeste arrependimento, ainda é possível que o bebé lhe seja entregue: "Cada caso é um caso. O bebé ainda pode voltar à mãe, mas depende de muitas circunstâncias".

CASCAIS BEBÉ ABANDONADO SACO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)