Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Casos de enfarte agudo do miocárdio aumentaram durante a pandemia da Covid-19

Tratamentos de enfartes agudos do miocárdio aumentaram e cardiologista João Brum Silveira apela à deslocação aos hospitais ao mínimo sintoma.
Correio da Manhã 15 de Fevereiro de 2021 às 21:04
A carregar o vídeo ...
Tratamentos de enfartes agudos do miocárdio aumentaram e cardiologista João Brum Silveira apela à deslocação aos hospitais ao mínimo sintoma.
O cardiologista e presidente da Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular (APIC), João Brum Silveira, alertou esta segunda-feira para o aumento dos tratamentos de enfarte agudo do miocárdio ao longo de 2020.

Segundo João Brum Silveira, houve um aumento de 2,5% face a 2019. O não tratamento do enfarte agudo do miocárdio pode ser fatal e continua afetar principalmente os homens.

O cardiologista defende ainda que ao minímo sintoma as pessoas devem descolar-se aos hospitais. Os utentes não devem ter medo pois as áreas de tratamento do enfarte do miocárdio são livres de Covid-19 e não há qualquer risco, defende.
Covid-19 APIC João Brum Silveira saúde
Ver comentários