Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

Células raras podem curar o cancro

Grupo de cientistas acredita que a reprogramação celular pode vir a aumentar a capacidade terapêutica.
Joana Nogueira 2 de Novembro de 2014 às 18:38
Cientistas estudam fontes alternativas de células estaminais hematopoiéticas para transplantes específicos
Cientistas estudam fontes alternativas de células estaminais hematopoiéticas para transplantes específicos FOTO: Manuel Araújo

São raras mas têm a capacidade de gerar todos os tipos de células do sangue. As células estaminais hematopoiéticas, provenientes do sangue do cordão umbilical e da medula óssea, são uma forma eficaz de tratamento de várias patologias, tais como leucemias, anemias aplásticas, linfomas, o vírus da imunodeficiência humana (VIH) ou imunodeficiências genéticas. Ainda assim, e apesar dos avanços científicos, nem sempre é possível encontrar uma fonte saudável de tecido dador compatível.

"O problema da incompatibilidade poderia ser superado se fosse possível fornecer uma fonte ilimitada e renovável de células estaminais hematopoiéticas funcionais, de uma variedade de origens genéticas, para ser usado em vez daquelas adquiridas dos tecidos primários, tais como o sangue da medula óssea e o cordão umbilical", explicou Carlos Filipe Pereira, investigador auxiliar do Centro Neurociências e Biologia Celular da Universidade de Coimbra.

Para tentar dar resposta a este desafio, um grupo de cientistas, do qual faz parte Carlos Filipe Pereira, está a estudar a utilização da reprogramação celular para converter as células da pele (fibroblastos) em células estaminais hematopoiéticas.

"Identificamos quatro proteínas que, quando induzidas em fibroblastos de ratinho, são capazes de gerar células semelhantes a células estaminais hematopoiéticas. Também iniciámos estudos a partir de fibroblastos da derme humana e estamos a testar a função destas células após transplantação", acrescentou o cientista. No futuro, esta poderá ser uma preciosa e ilimitada fonte de células para terapia e correção genética.

células estaminais cura cancro cientistas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)