Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Centro Hospitalar da Cova da Beira monitoriza urgências

O Centro Hospitalar da Cova da Beira vai monitorizar a duração da permanência na urgência, para diminuir o tempo que os utentes ali passam até terem alta ou serem transferidos para outro serviço, comunicou a instituição.
9 de Abril de 2012 às 14:44
O Centro Hospitalar da Cova da Beira vai monitorizar a duração da permanência na urgência, para diminuir o tempo que os utentes ali passam
O Centro Hospitalar da Cova da Beira vai monitorizar a duração da permanência na urgência, para diminuir o tempo que os utentes ali passam FOTO: Lusa

Na sala de espera, o tempo até ao atendimento é definido por uma escala de cores, cabendo à triagem definir quais os utentes mais urgentes e os que podem esperar, processo designado de triagem de Manchester.

De acordo com Miguel Castelo Branco, presidente do conselho de administração do Centro Hospitalar da Cova da Beira (CHCB), "tem havido reclamações de alguns utentes sobre o tempo total que passam [nas urgências] ", razão pela qual a unidade de saúde decidiu monitorizar o período de tempo que cada pessoa passa na urgência geral, serviço que recebe, em média, 230 utentes por dia.

Para que o estudo seja o mais fidedigno possível, "vai ser adicionada a hora de saída ao registo do utente", razão pela qual o CHCB pede a colaboração de quem tem alta "para que não deixe o hospital sem que seja feito o registo da saída".

Há dois anos, numa análise preliminar ao projecto, concluiu-se que era possível obter 80 por cento de registos efectivos de entre todos os atendimentos, faltando quem saía pelo próprio pé, sem necessidade de mais acompanhamento.

O registo adicional "é automático, feito com o código de barras que acompanha o utente, ou seja, não implica qualquer prejuízo para o processo de atendimento", mas será muito importante para mais tarde se descobrir como tornar o atendimento mais rápido.

A monitorização deverá arrancar "na segunda quinzena de Abril" e a primeira análise deverá ser feita passados dois meses sobre a recolha de dados, concluiu Miguel Castelo Branco.

Centro Hospitalar da Cova da Beira CHCB utentes urgência tempo de espera estudo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)