Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Certificado falso sob investigação

O Ministério Público está a investigar a origem de um certificado de habilitações falso, passado em nome de Fernando Castelo, ex-comandante dos Bombeiros Voluntários de Portimão. O documento refere que o antigo comandante se licenciou em Geografia e Urbanismo pela Universidade do Algarve. Um curso que nem sequer existe.
9 de Fevereiro de 2011 às 00:30
Certificado foi passado em nome de Fernando Castelo, ex-comandante dos Bombeiros Voluntários de Portimão
Certificado foi passado em nome de Fernando Castelo, ex-comandante dos Bombeiros Voluntários de Portimão FOTO: Miguel Veterano Júnior

"Fernando Alberto Gameiro Dias Castelo (...) concluiu em 12 de Dezembro de 2007, na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade do Algarve, Licenciatura em Geografia e Urbanismo com informação final de (13) treze valores", lê-se no documento a que o CM teve acesso. O certificado de habilitações tem a data de 9 de Janeiro de 2008 e inclui um carimbo da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Portimão, que certifica que "está conforme o original".

O certificado está assinado por uma técnica superior da universidade mas, ao que o CM apurou, a assinatura também será falsa.

"Não tenho comentários a fazer sobre essa situação", disse ao CM Fernando Castelo, que deixou de exercer as funções de comandante dos bombeiros de Portimão em Janeiro deste ano. "Só posso dizer que tenho uma carreira imaculada e que já o meu pai morreu ao serviço dos bombeiros", acrescentou. O profissionalismo de Fernando Castelo também foi enaltecido ao CM por elementos da corporação.

Álvaro Bila, presidente da Associação Humanitária de Bombeiros de Portimão, por seu lado, escusou-se a comentar a situação. "Se isso aconteceu, nada tem a ver com a associação humanitária, mas sim com a corporação dos bombeiros", explicou.

certificado bombeiro portimão
Ver comentários