CGTP acusa APED de bloquear negociação e negar aumento salarial

A associação diz que "sempre se manifestou disponível" para dialogar e que apresentou soluções em sede própria de negociações, no Ministério do Trabalho.
Por Lusa|12.09.18
O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, lamentou hoje que as grandes empresas de distribuição em Portugal e a associação do setor (APED) estejam a bloquear a negociação coletiva e a negar o aumento e a atualização dos salários.

"Estas empresas e a Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED) não só bloqueiam a negociação da contratação coletiva como estão a negar aquilo que é fundamental e que é um direito fundamental dos trabalhadores, que é o aumento e a atualização anual dos salários", afirmou o líder da CGTP aos jornalistas, em Lisboa.

Falando à margem de uma manifestação em frente da sede da APDC em Lisboa, que contou com a participação de duas centenas de trabalhadores, Arménio Carlos lembrou que "a economia está a crescer", mas existe, "simultaneamente, uma situação de desigualdade mais gritante".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!