Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Linha Saúde 24: chamadas falsas são 81 por dia

5% do total de atendimentos são ofensivos ou inapropriados.
Teresa Oliveira 12 de Outubro de 2015 às 08:18
Criado em 2007, o serviço Linha Saúde 24 é utilizado na maioria por mulheres
Criado em 2007, o serviço Linha Saúde 24 é utilizado na maioria por mulheres FOTO: Pedro Catarino

A Linha Saúde 24 recebeu 22 140 chamadas inapropriadas, abusivas e ofensivas (‘chamadas brancas’), nos primeiros nove meses deste ano. As falsas chamadas referentes a problemas de saúde correspondem a uma média de 81 chamadas por dia. A forma abusiva de como foi utilizado o serviço representou 5% de um total de 450 mil chamadas recebidas entre janeiro e setembro último.

O enfermeiro e coordenador da Saúde 24, Sérgio Gomes, explicou que a maioria das chamadas inapropriadas corresponde a telefonemas de pessoas com dúvidas diversas que nada têm a ver com saúde. Quanto às restantes, algumas poderão ser "brincadeira de adolescentes". Mas também há quem ligue e desligue sem qualquer explicação.

Para o enfermeiro relevante é haver uma cada vez maior compreensão da utilidade deste serviço. A prova é que em 2014, em apenas três meses (maio a julho), a Linha Saúde 24 retirou mais de 50% dos utentes das urgências dos hospitais. Neste período, das cerca de 101 824 chamadas atendidas, 48 735 tinham como intenção inicial ir à urgência, destas 24 631 foram desviadas. Através desta linha, 27,7% dos utentes autocuidaram-se, enquanto os restantes 72,3% foram encaminhados para acompanhamento médico (consulta médica, urgência hospitalar ou emergência).

Quanto ao perfil do utilizador, a maioria são mulheres (60%), com idades entre os 25 e os 64 anos, havendo alguma fidelização por parte de jovens mães. Daí que a frequência das chamadas tenha picos das 18 às 22 horas. "Normalmente é quando os pais chegam a casa com os filhos em idade escolar", explicou o enfermeiro.

chamadas falsas enfermeiros atendimentos telefónicos carácter ofensivo serviço linha
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)