Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Chave da Torre dos Clérigos confiada à Câmara do Porto

Gesto simbólico de abertura à comunidade.
12 de Dezembro de 2015 às 15:38
"A entrega da chave da torre ao presidente da câmara pretende simbolizar a devolução da torre à cidade"
'A entrega da chave da torre ao presidente da câmara pretende simbolizar a devolução da torre à cidade' FOTO: José Coelho/Lusa

A Irmandade dos Clérigos entregou este sábado pela primeira vez a chave da 'Torre da Cidade' ao presidente da Câmara do Porto, num gesto simbólico de abertura à comunidade.


"A entrega da chave da torre ao presidente da câmara pretende simbolizar a devolução da torre à cidade e ganhar uma vizinhança de simbolismo", assinalou o presidente da Irmandade dos Clérigos, no dia em que a torre desenhada por Nicolau Nasoni no século XVIII celebra mais um aniversário, o primeiro desde a sua reabertura ao público.


Segundo o padre Américo Aguiar, este foi "um gesto bonito que a irmandade dos Clérigos fez à cidade", cumprindo a promessa de devolução da Torre ao Porto depois de ter sido requalificada numa intervenção que rondou os 2,6 milhões de euros.


Para o presidente da irmandade, esta também foi uma forma de destacar a importância daquele monumento que classificou de "Torre da Cidade", tal como a encontrou descrita em textos do século XVIII sobre a aprovação da obra de construção.


Desenhada por João Pedro Oliveira, um "jovem empreendedor" da zona baixa da cidade, a chave entregue e confiada agora à Câmara do Porto é uma peça em prata, com apontamentos em ouro e que "efetivamente abre a porta" da Torre dos Clérigos.


A chave ficará guardada no gabinete do presidente, junto de uma outra chave que dá acesso ao coração de D. Pedro.

Irmandade dos Clérigos Torre da Cidade presidente da Câmara do Porto
Ver comentários