Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Cinemas devem ter apoio superior a 40% das rendas até final do ano, defende APCC

Medida faz parte do plano de retoma do retalho que a associação está a debater.
Lusa 21 de Abril de 2021 às 10:52
Cinema CascaiShopping
Cinema CascaiShopping FOTO: Paulo Fernandes
A Associação Portuguesa de Centros Comerciais (APCC) traçou um plano de retoma para o retalho onde propõe um apoio superior a 40% nas rendas dos equipamentos de lazer e culturais, como os cinemas, até final do ano.

A medida faz parte do plano de retoma do retalho que a APCC está a debater com outras associações do setor e que espera apresentar ao Governo e partidos políticos, documento a que a Lusa teve acesso.

A APCC sublinha que "a cultura é um dos setores mais afetados pela crise" com os cinemas a registarem perdas de 91% de março de 2020 a março de 2021, pelo que propõe "um apoio superior a 40% na renda até ao final do ano com a possibilidade destes apoios serem convertidos em benefícios fiscais".

APCC Associação Portuguesa de Centros Comerciais crime lei e justiça
Ver comentários