Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

CMVM alerta que influencer que cobra até 200 euros por conselhos não tem autorização para intermediação financeira

Cláudio André vende cursos e dicas de como investir no mercado financeiro recorrendo às redes sociais.
Jornal de Negócios 19 de Abril de 2021 às 20:44
Comer notas, vestir fatos feitos de notas, conduzir carros, muitos carros, e prometer lucros imediatos. É assim que Cláudio André, um jovem que dá conselhos sobre mercados financeiros nas redes sociais, usa o seu Instagram para atrair novos "parceiros" para o seu "projeto". À sua "equipa" ou "família", as pessoas que pagam para ter acesso às suas dicas, cobra até 200 euros. Hoje, a CMVM (Comissão do Mercado de Valores Mobiliários) alertou que não tinha autorização para tal.

O regulador do mercado nacional diz hoje, através de comunidado, que Cláudio André, que atua através do website e do Instagram, "não está autorizado nem registado junto da CMVM para o exercício de qualquer atividade de intermediação financeira em Portugal, conforme o disposto nas alíneas a) e b) do n.º 1 do artigo 295.º do Código dos Valores Mobiliários".

"A CMVM adverte também que a referida pessoa não se encontra legalmente habilitada para realizar publicidade ou prospeção de clientes dirigidas à celebração de contratos de intermediação financeira", acrescenta. 


Através do seu Instagram (com 34,5 mil seguidores), do Youtube (14,5 mil subscritores) ou do seu site, Cláudio André, também conhecido como "claudioandreofficial" na internet, promete que os seus seguidores podem "lucrar, enquanto estão a estudar" através de "robôs" e "professores" que enviam notificações para os telemóveis, com dicas sobre investimentos, cuja taxa de acerto é de 80%.


Num vídeo de apresentação do plano de mentoria que custa 199 euros, o mais caro, diz que ensina o essencial para "ser rentável a longo prazo", e garante que é só copiar e colar o que diz a notificação – sem especificar para onde – e "já estão a ganhar dinheiro". Nesta mesma apresentação, o jovem afirma que não está sozinho na mentoria. Com ele estarão "os seus mentores diretamente do México", o que significa que, nas suas palavras, a mentoria será dada por "milionários". Não é mencionado qualquer nome ou experiência de nenhum dos professores ou conselheiros.

Mas para além dos 200 euros iniciais, Cláudio André induzi as pessoas a depositar dinheiro numa plataforma para futuros investimentos, no que ele chama "Plano de ação massiva para construção de um negócio á escolha do cliente", onde oferece "120% do teu depósito inicial" e dá um exemplo: "Depositas 500€ e ficas com o saldo disponível de 1.100€ para investir".

No seu canal de Youtube, acumula as funções de conselheiro nos mercados financeiros, de aconselhador nutricional - depois de ter sido também culturista -, e faz vários "reacts" - vídeos a reagir a outros vídeos.

Em 2016, numa entrevista à RTP África, assumiu-se também como modelo e ator. A única referência pública às suas habilitações constam nesta entrevista: "estou a estudar para ser ator", assumia, então, Cláudio André. Passados cerca de três anos desta entrevista, Cláudio dava conselhos sobre mercados, com especialização no Forex, um mercado financeiro descentralizado destinado a transações de câmbio.

A CMVM, que tem feito inúmeros alertas deste tipo ao longo dos últimos meses, afirma que "para assegurar que uma determinada entidade que oferece serviços de investimento em instrumentos financeiros está autorizada a exercer atividade em Portugal deve consultar a lista de intermediários financeiros autorizados (através deste link) ou a lista de entidades habilitadas a prestar serviços financeiros em Portugal em regime de Livre Prestação de Serviços (LPS) (através deste link)".

"Todas as pessoas e entidades que tiverem estabelecido qualquer relação comercial com a entidade acima identificada, poderão contactar a CMVM através dos Contactos Gerais, por contacto telefónico 213177000 ou por e-mail para cmvm@cmvm.pt ou, ainda, através do Apoio ao Investidor, por contacto telefónico 800 205 339 (linha verde), ou por e-mail para cmvm@cmvm.pt", avisa o regulador.

Recentemente, o regulador nacional emitiu alertas também sobre a atuação de David Soares, que na sua conta de Instagram tem mais de 200 mil seguidores, e de James Trading Bar, com 80 mil seguidores. A atuação e todos eles nas redes sociais é idêntica: carros de luxo, a promessa de dinheiro fácil e uma vida luxousa através do dinheiro que recebem através dos investimentos em mercados financeiros.

Ver comentários