Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

Coimbra: Estudantes encerram universidade a cadeado

Dezenas de estudantes afectos ao Conselho de Repúblicas de Coimbra encerram esta quinta-feira a cadeado a Porta Férrea, principal entrada da universidade.
24 de Março de 2011 às 12:09
Estudantes bloquearam principal entrada da universidade
Estudantes bloquearam principal entrada da universidade FOTO: Paulo Novais / Lusa

A iniciativa foi decidida à revelia da Assembleia Magna da Academia, que decretou o boicote às aulas hoje liderado pela Associação Académica de Coimbra (AAC).
 
Sob alguma chuva, várias tendas estão montadas à frente da Porta Férrea, na Alta de Coimbra, desde o início da manhã.   

O reitor da Universidade de Coimbra, João Gabriel Silva, entrou no edifício pela habitual porta de serviço da Reitoria.   

João Gabriel Silva manifestou aos 'repúblicos' (residentes das repúblicas) "compreensão pelos protestos", mas exortou-os a desbloquearem a entrada principal, discordando desta forma de contestação.  

O presidente da AAC, Eduardo Melo, disse à agência Lusa que o boicote às aulas está a decorrer sem incidentes" nos diversos departamentos e faculdades, envolvendo cerca de uma centena de piquetes que tentam convencer os colegas a não participarem nas actividades lectivas.  

Alunos dos ensinos básico, secundário e superior saíram hoje à rua, Dia do Estudante, em diversos protestos contra as políticas do Governo. 

O protesto, que pretendem "nacional", está a ser promovido, entre outras, pelas associações e federações académicas do Porto, Braga, Évora, Aveiro, Leiria, Castelo Branco, Viseu e Trás-os-Montes e Alto Douro.  

estudantes alunos universidade coimbra protesto
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)