Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
6

Confrontos entre polícia e manifestantes durante protesto de motoristas da STCP no Porto. Veja as imagens

Trabalhadores dos transportes públicos recusam aceitar aumento de 15 euros proposto pela administração.
Pedro Zagacho Gonçalves(pedrogoncalves@cmjornal.pt), Manuel Jorge Bento e Lusa 13 de Agosto de 2021 às 09:54
A carregar o vídeo ...
Confrontos entre polícias e manifestantes durante protesto de motoristas da STCP no Porto
Os trabalhadores da Sociedade de Transportes Colectivos do Porto (STCP) estão em protesto, pedindo aumento de salários e melhores condições de trabalho, ao mesmo tempo que rejeitam o aumento de 15 euros proposto pela administração da empresa de transportes do Porto.

Na noite desta quinta-feira o protesto acabaria por dar lugar confrontos entre os manifestantes e os agentes da PSP no local.

Os primeiros incidentes terão começado perto das 00:00 junto à estação de autocarros de Francos, tendo a PSP deslocado ao local equipas da Brigada de Intervenção Rápida e do Corpo de Intervenção.

Motoristas em manifestação terão barrado a saída a colegas que pretenderiam trabalhar e, já cerca da 01:00, foram apedrejados quatro autocarros.

"Uma das pedras fez ricochete e atingiu um agente da PSP, que recebeu tratamento hospitalar, mas já teve alta", disse a fonte policial, explicando que o incidente foi sanado sem recurso à força, apenas pela persuasão.

Uma segunda vaga de incidentes, menos gravosos, registou-se já cerca das 05:30, desta feita na estação de recolha da Via Norte.

Na manhã desta sexta-feira o protesto continuava, com grande parte dos motoristas da STCP em greve. Houve por isso menos autocarros a circular na Invicta. Segundo o Sindicato Transportes Rodoviarios Urbanos Norte (STRUN) apenas 20% dos autocarros previstos até às 9h30 funcionaram normalmente.

Pelas 11h20 na Eestação de Recolha da Via Norte voltaram a viver-se momentos de tensão entre grevistas e PSP. Os manifestantes tentaram travar a saída de autocarro do local e gritara "vai-te embora" a uma colega que estava a sair do local para ir trabalhar.
confrontos SCTP greve transportes
Ver comentários
}