Barra Medialivre

Correio da Manhã

Sociedade
8
Siga o CM no WhatsApp e acompanhe as principais notícias da atualidade Seguir

Urgências do SNS com limitações na próxima semana

Mais de 35 pontos de várias especialidades vão funcionar com constrangimentos na próxima semana. Saiba quais.
Lusa 18 de Novembro de 2023 às 08:06
Profissionais de saúde
Profissionais de saúde FOTO: iStockphoto

A Direção Executiva do SNS publicou um novo plano de reorganização das urgências que abrange mais de 35 pontos de várias especialidades no País, que vão funcionar com limitações entre 19 e 25 de novembro.

Limitações nas urgências por região:

Região Norte

No norte do país, terão dificuldades de funcionamento a urgência médico-cirúrgica do Hospitalar de Chaves, nas especialidades de pediatria e ortopedia, com os doentes a serem enviados para Vila Real e Porto (Santo António). Nas noites de 20 e 24, a urgência de ortopedia irá reencaminhar os doentes para o Porto (Santo António). A Urgência Médico-Cirúrgica do Hospital de Mirandela irá referenciar, durante este período, para Bragança.

Ainda na mesma região, o Hospital de Braga vai ter dificuldades de responder na urgência de cirurgia geral durante quase todo o período (com exceção do dia de 22 de novembro) com referenciação para o Porto (São João) e os serviços de ginecologia/obstetrícia nos dias 21, 23 e 25, reencaminhando os utentes para Viana do Castelo, Guimarães, Famalicão e Porto (Santo João).

Em Viana do Castelo, o hospital local terá dificuldades em ginecologia/obstetrícia a 19 e 24 de novembro (doentes vão para Braga, Famalicão, Guimarães e Porto - São João) e cirurgia geral a 19, 24 e 25 (utentes reencaminhados para o Porto - São João). A Via Verde AVC e a medicina interna estarão condicionadas nos dias 24 e 25 e a noite de 24, com transporte para Braga.

A Via Verde AVC em Guimarães estará condicionada nas noites de 20, 23, 24 e 25 de novembro (transporte para Braga).

O Centro Hospitalar do Médio Ave, em Vila Nova de Famalicão, irá ter condicionamentos de cirurgia geral de 19 a 21, com reencaminhamento para o Porto (São João).

No Hospital Santa Maria Maior, em Barcelos, a cirurgia geral estará sempre condicionada (hospital de referência é o Porto - São João). Para Braga, poderão ir os utentes de pediatria e ortopedia durante o período noturno nestes dias. Já em Medicina Interna, haverá condicionamentos totais a 19 e 25 e no horário noturno em 23 e 24. Neste caso, os utentes serão transportados para Braga.

Os serviços de cirurgia geral de Vila do Conde (19) e da Póvoa de Varzim/Matosinhos (19, 20 e 25) terão alguns condicionamentos e os utentes seguirão para o hospital de São João, Porto.

Em Penafiel, do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, haverá limitações em todo o período na cirurgia geral (utentes para Santo António, Porto) e pediatria (no período total dos dias 19 e 25 e no período noturno de 20, 21, 22 e 23), com transporte para o hospital de São João, Porto.

Os serviços noturnos de ortopedia em Gaia e Santa Maria da Feira estarão condicionados (utentes para o hospital de Santo António, Porto). A pediatria na Feira estará condicionada no dia 25 e na noite do dia 19 e em ginecologia/obstetrícia no período noturno do dia 19 e 25 e em todo o dia 23, com reencaminhamento para Gaia.

Região Centro

Na região Centro, que tem 17 pontos na rede de urgência do SNS, as dificuldades verificam-se no Serviço de Urgência Polivalente de Viseu, nas especialidades de cirurgia geral e ortopedia nos horários noturnos de toda a semana e, no Hospital da Guarda, em ginecologia/obstetrícia, medicina interna, anestesiologia (19, 24 e 25) e na ortopedia (25). Durante toda a semana, a Via Verde AVC estará condicionada. Os utentes serão reencaminhados para os Hospitais da Universidade de Coimbra, Tondela e Cova da Beira (Covilhã). Em São Pedro do Sul, a urgência básica irá encerrar no período noturno em dois dias (21 e 23).

Em Aveiro, há condicionamentos em ginecologia (25), pediatria (24) e cirurgia geral (24 e 25 e períodos noturnos de 20, 21 e 23). Os utentes irão para Coimbra. O serviço de Urgência Básica de Águeda encerra no período noturno de 21 e 23 (utentes seguem para Aveiro).

Em Castelo Branco, há condicionamentos em cirurgia geral (24 e 25) e em ortopedia (25), e os doentes serão transportados para a Covilhã.

Coimbra irá receber os utentes da Figueira da Foz - urgência básica no período noturno de 21 e 23 de novembro - e de Leiria - ginecologia (19, 23, 24 e 25), pediatria (19), cirurgia geral (19, 24 e 25) e via verde coronária (25).

Região de Lisboa e Vale do Tejo

Na Região de Lisboa e Vale do Tejo, com 17 pontos no Serviço de Urgência do SNS, haverá dificuldades de resposta no hospital de Loures - ginecologia/obstetrícia (19), pediatria (19 e 25, com os períodos noturnos dos restantes dias) e cirurgia geral (19, 23, 24 e 25). Os utentes irão para Vila Franca de Xira, os centros hospitalares de Lisboa Ocidental, Lisboa Central e Lisboa Norte.

Mais a norte, nas Caldas da Rainha, os condicionamentos são em ginecologia/obstetrícia (19), pediatria (19) e cirurgia geral (19 e 25), com os doentes a seguirem para Coimbra, Lisboa Central e Torres Vedras, conforme as especialidades. E para Caldas da Rainha seguirão os utentes que procurarem a urgência de pediatria de Torres Vedras em todos os períodos noturnos. Já Peniche terá condicionamentos na urgência básica (20 e 21), com os utentes a seguirem para Caldas da Rainha.

No centro hospitalar do Médio Tejo, Abrantes terá condicionamento em pediatria (19 e 25) e cirurgia geral (período noturno a 24 de novembro). Já Tomar vai encerrar a urgência básica no dia 25. Os utentes serão encaminhados para outros hospitais do mesmo centro hospitalar, Santarém ou Lisboa Central.

O Hospital Distrital de Santarém terá condicionamentos em ginecologia/obstetrícia (23, 24 e 25), Ortopedia (24 e 25) e Via Verde AVC (período noturno de 20 e 21). Os utentes seguirão para Abrantes ou Lisboa Central.

O Hospital de Vila Franca de Xira terá condicionamentos em ginecologia/obstetrícia (23, 24 e 25), com os utentes encaminhados para Loures e Lisboa Central.

Na capital, o Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, tem condicionamentos no Serviço de Urgência Polivalente de Pediatria (todos os períodos noturnos) e Cirurgia Geral (21), com os utentes encaminhados para Lisboa Central.

No Amadora/Sintra, o Serviço de Urgência Médico-Cirúrgica de ginecologia/obstetrícia (20, 21 e 23) e pediatria (todos os períodos noturnos) terão condicionamentos, com os utentes a serem transportados para Lisboa Central, Lisboa Norte e Lisboa Ocidental.

Os hospitais de Setúbal, Barreiro-Montijo e Lisboa Central recebem os utentes dos serviços de ginecologia/obstetrícia (19, 25 e período noturno de 24), pediatria (todos os horários noturnos), cirurgia geral (19 e 25), ortopedia (horário noturno de 20) e Via Verde AVC (horário noturno de 20, 22 e 23) do Hospital Garcia de Orta, em Almada.

O Centro Hospitalar Barreiro Montijo encerra ginecologia/obstetrícia e pediatria no dia 19, com Setúbal, Almada e Lisboa Central a receberem os doentes.

Setúbal terá condicionamentos em ginecologia/obstetrícia (20 a 25) e pediatria (23 a 25), com os utentes a irem para Almada, Barreiro-Montijo e Lisboa Central.

Região do Alentejo

Na Unidade Hospitalar de Portalegre, o Serviço de Urgência Médico-Cirúrgica vai ter dificuldades na resposta na cirurgia geral (20, 21, 23, 24 e 25), com os utentes a irem para Évora, Médio Tejo e Lisboa Central.

Já em Évora, há condicionamentos em pediatria (período noturno de 23 e 24) e cirurgia geral (toda a semana), com os utentes a seguirem para Lisboa Central e Norte.

Algarve

No Algarve, a urgência na pediatria terá dificuldades de resposta em Portimão no dia 19 e em Ortopedia no dia 25, com os utentes a seguirem para Faro

Siga o Correio da Manhã no canal do Whatsapp

SNS urgências questões sociais médicos Portugal
Ver comentários
C-Studio