Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Conselho de Ministros reúne-se para decidir novas medidas de desconfinamento. Recorde o que já se sabe

A partir de dia 18, segunda-feira, poderão abrir as lojas de rua até 400 metros quadrados, cafés e restaurantes.
Lusa 15 de Maio de 2020 às 07:45
Coronavírus em Portugal
Coronavírus em Portugal
Coronavírus em Portugal
O Conselho de Ministros vai reunir-se esta sexta-feira para avaliar as medidas da primeira fase de desconfinamento e tomar decisões relativamente à segunda fase, estando previsto o regresso às aulas para alguns alunos e a reabertura das creches.

De acordo com o plano de desconfinamento do Governo, a partir de dia 18 poderão abrir as lojas de rua, ou partes delas, com dimensão até 400 metros quadrados.

Também os cafés, restaurantes, pastelarias e respetivas esplanadas deverão voltar a funcionar.

No caso das lojas é obrigatório o uso de máscara e poderão funcionar a partir das 10h00, e no que toca aos restaurantes, não poderão ultrapassar os 50% de lotação, mas podem funcionar até às 23h00, com condições específicas.

Também a partir de segunda-feira, deverão reabrir os museus, monumentos e palácios, galerias de arte e similares, prevê o Governo no plano para o desconfinamento.

No mesmo dia, os alunos dos 11.º e 12.º anos (ou do 2.º e 3.º ano de outras ofertas formativas) voltam às escolas, com aulas entre as 10h00 e as 17h00, as crianças mais pequenas voltam às creches (com opção de apoio à famílias) e reabrem os equipamentos sociais de apoio à deficiência.

Em "30/31 de maio" - ainda antes da terceira fase do desconfinamento, que começa em 01 de junho - o Governo prevê que possam voltar a realizar-se celebrações religiosas, respeitando regras a definir entre a Direção-geral da Saúde e as confissões religiosas.

O Governo, o Presidente da República, o presidente da Assembleia da República, os líderes partidários com representação parlamentar, bem como os líderes das confederações patronais e das estruturas sindicais participaram na quinta-feira, em Lisboa, em mais uma apresentação sobre a situação epidemiológica decorrente da pandemia de covid-19.

Esta foi a sexta reunião alargada no Infarmed sobre a evolução da covid-19 em Portugal e a primeira após o fim do estado de emergência, que vigorou em Portugal entre 19 de março e 02 de maio, do qual se transitou para uma situação de calamidade, após o qual se iniciou (em 04 de maio) uma reabertura gradual das atividades e estabelecimentos encerrados devido ao surto.

À saída, Marcelo Rebelo de Sousa afirmou que Portugal tem registado um "desconfinamento muito contido" que não permite ainda "conclusões firmes" sobre a reabertura gradual de atividades e estabelecimentos encerrados devido à covid-19.

Mais informação sobre coronavírus AQUI.

MAPA da situação em Portugal e no Mundo.

SAIBA como colocar e retirar máscara e luvas.

APRENDA a fazer a sua máscara em casa.

CUIDADOS a ter quando recebe uma encomenda em casa.

DÚVIDAS sobre coronavírus respondidas por um médico

Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24

executivo (governo) questões sociais governo (sistema) política Portugal Governo Conselho de Ministros
Ver comentários