Conservatório Nacional sujeito a obra de 10 milhões de euros

Arranque dos trabalhos está dependente de luz verde por parte do Tribunal de Contas.
Por João Saramago|12.02.19
  • partilhe
  • 0
  • +
O Conservatório Nacional, em Lisboa, aguarda o visto prévio do Tribunal de Contas para o arranque das obras de requalificação, com um custo na ordem dos 10 milhões de euros, avançou esta segunda-feira o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, tendo o contrato de empreitada sido já assinado.

O procedimento do concurso estipula um prazo de 18 meses para a conclusão dos trabalhos, com um custo de 10,5 milhões de euros, valor acrescido de IVA. A requalificação do edifício levou à instalação provisória neste ano letivo dos 800 alunos na Escola Secundária Marquês de Pombal, em Lisboa, por um período de dois anos.

O projeto prevê que o Conservatório Nacional ganhe um novo andar, destinado a salas de aulas, cantina e estúdio de dança. Serão instalados novos sistemas de aquecimento e de eletricidade e a estrutura será reforçada.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!